18 de maio de 2012


Parêntesis: Por vezes juro que habitava nas palmas das tuas mãos, perdido entre um queratinócito ou um ninho de melanócitos.