26 de maio de 2010

Respondo que Wagner nunca me incomoda II


[Este resgatei-o de um contentor para reciclagem; não é o meu livro favorito de Cálculo Tensorial, mas já privei de alguns bons momentos na sua companhia]