2 de julho de 2007

Pálpebras

Dou-me conta de que adoro beijar-te as pálpebras. Aqui, aqui e aqui. Por alguma razão deverás ter-me chamado de excessivo, atiro.