11 de junho de 2007

O enigma das lemniscatas



Quando estou com os copos gosto mesmo de lemniscatas. Quando estou sóbrio beijo as pontas dos teus dedos e digo que gosto apenas de ti. E de sólidos de Dürer.

Imagem: Melencolia I, Albrecht Dürer.